Noticía da hora: Esmec promove curso “Filosofia do Direito” nos dias 16 e 17 para magistrados e servidores
Notícias
 

Juizado da Mulher vai orientar vítimas de violência que desejam desistir de processo judicial

Fonte: www.tjce.jus.br

 

Juizado da Mulher vai orientar vítimas de violência que desejam desistir de processo judicial

O Juizado de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher da Comarca de Fortaleza promoveu, nesta quarta-feira (07/11), reunião com representantes da Rede de Atendimento à Mulher Vítima de Violência. O encontro teve o objetivo de esclarecer sobre as consequências do pedido de desistência de processos ajuizados contra agressores.

Durante o evento, ficou decidido que haverá atendimento no Juizado, às terças-feiras, pela manhã, para orientar as mulheres que optem em desistir de ações judiciais. “A ideia é retomar essa atividade para conscientizar quanto às consequências negativas desse ato”, alerta a juíza Rosa Mendonça, titular da unidade. Segundo a magistrada, a iniciativa é necessária para prevenir novas agressões.

Participaram da reunião Daniella Alencar, representante da Casa Abrigo, Francisca Clotilde Helena Campelo, do Centro de Referência, e Enedina Félix, do Centro Estadual de Referência e Apoio à Mulher (Ceram), além da psicopedagoga Raieliza Lôbo e da assistente social Jordianne Guedes.

 
 
 
 
Advocacia Paulo Quezado
Av. Engenheiro Luís Vieira, 320 - Praia do Futuro
Fortaleza - CE | CEP: 60.177-250
Fone: (85) 3265-8700 | Fax: (85) 3265.3020