Noticía da hora: Ministra Rosa Weber vota pela procedência de ADIs que contestam resolução do TSE
Notícias
 

Ação de manutenção de posse do Cocó é encaminhada à Justiça Federal

Fonte: www.tjce.jus.br

 

Ação de manutenção de posse do Cocó é encaminhada à Justiça Federal

A juíza Joriza Magalhães Pinheiro, titular da 9ª Vara da Fazenda Pública de Fortaleza, determinou o encaminhamento, à Justiça Federal, da ação de manutenção de posse da área do Parque do Cocó, ocupada por manifestantes.

A decisão foi proferida nesta segunda-feira (02/09) devido ao interesse da União no processo, expressado na última sexta-feira (30/08), por meio de petição assinada pelo procurador-chefe da União no Estado do Ceará, Marcelo Eugênio Feitosa Almeida.

A magistrada seguiu a Súmula nº 150, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que é taxativa ao dispor que “compete à Justiça Federal decidir sobre a existência de interesse jurídico que justifique a presença, no processo, da União, suas autarquias ou empresas públicas”.

O CASO

A ação foi ajuizada no último dia 19 de agosto, pelo Estado do Ceará contra o Instituto Ambiental Viramundo e outros. O ente público visava obter liminar para permanecer na posse de uma área específica do Parque do Cocó, na faixa ao lado do cruzamento das avenidas Antônio Sales e Engenheiro Santana Junior.

Dois dias depois, a liminar foi deferida pela juíza Joriza Magalhães Pinheiro. No entanto, o Ministério Público Federal e Defensoria Pública da União apresentaram documentos observando o possível interesse da União na área objeto da ação.

Por medida de prudência, no dia 22 de agosto, a magistrada determinou a suspensão do cumprimento da liminar possessória e ordenou a intimação do ente público federal, por meio da Advocacia Geral da União, para que se manifestasse no feito em cinco dias, até 30 de agosto.

 
 
 
 
Advocacia Paulo Quezado
Av. Engenheiro Luís Vieira, 320 - Praia do Futuro
Fortaleza - CE | CEP: 60.177-250
Fone: (85) 3265-8700 | Fax: (85) 3265.3020